Futebolas

Onde um jogo tem muito mais que 90 minutos...

2005/10/08

Mundial 2006 - Apuramento

Zona Africana

http://www.zerozero.pt/edicao.php?id_edicao=44

Apurados: Togo, Angola, Costa do Marfim, Tunísia e Gana.

Angola conseguiu uma vitória pela margem mínima no Ruanda e conseguiu o 1º lugar em igualdade pontual com a Nigéria, mas em vantagem no confronto directo. O Gana superiorizou-se à África do Sul e ao Congo, beneficiando do empate entre si, e carimbou o passaporte para a Alemanha. Os Camarões, treinados por Artur Jorge, perderam o 1º lugar que detinham à entrada para esta jornada final do apuramento de forma dramática e não conseguiram vencer o Egipto em casa, falhando um penalty já em período de descontos e assim não conseguiram desfazer o 1-1 final. Quem aproveitou e impediu os Camarões de estarem em 5 Mundiais consecutivos foi a Costa do Marfim, que venceu no Sudão por 1-3.

Em termos de desilusões, e para além da Nigéria e dos Camarões, Marrocos (que não conseguem estar presentes desde 1992), a África do Sul (estava no grupo ganho pelo Gana) e o Senegal (grande surpresa em 2002) são os grandes destaques.

4 das 5 selecções africanas que conseguiram o apuramento hoje para o Mundial 2006 são estreantes, o que só prova o grande crescimento e o enorme potencial que este continente tem a dar em termos futebolísticos. (Será que 5 vagas para África não será pouco?).

Zona Europeia

http://www.zerozero.pt/edicao.php?id_edicao=40

Apurados: Ucrânia, Portugal, Itália, Inglaterra, Polónia, Croácia e Holanda.

A Croácia conseguiu hoje o apuramento, pois mesmo que perca o próximo jogo, apurar-se-á como um dos 2 melhores 2º classificados. A equipa dos balcãs venceu a Suécia por 1-0 e relegou a equipa sueca para o 2º lugar. O mesmo acontece com Inglaterra e Polónia que decidirão quem ganha o grupo 6 em Old Trafford, na próxima quarta-feira. A campeã europeia Grécia comprometeu seriamente o apuramento para os play-offs, ao perder na Dinamarca por 1-0. Agora, tem de vencer em casa a Geórgia e esperar que tanto a Turquia como a selecção nórdica percam os seus jogos, num grupo há muito ganho pela Ucrânia. No grupo 4 está o caos total. A Irlanda mantém a esperança de apuramento ao vencer no Chipre por 0-1 e a França não conseguiu melhor do que um empate na Suiça a 1-1. Agora, Israel (!) é o líder do grupo com 18 pontos, embora já tenha jogado todos os seus jogos. Seguem-se França e Suiça com 17 e a Irlanda com 16. Um grupo para decidir completamente na última jornada, em que a França deve somar 3 pontos em casa frente ao Chipre e a Suiça desloca-se a Dublin, e em caso de vitória, tem lugar garantido na Alemanha. No Grupo 1, a Holanda foi a Praga vencer por 0-2 e confirmou o 1º lugar no grupo. A Roménia venceu a Finlândia e colocou pressão na República Checa, que necessita vencer o próximo jogo para marcar presença nos play-offs. A Espanha venceu a Bélgica por 0-2, mas mesmo assim ainda não tem o apuramento garantido, nem sequer para os play-offs, porque tanto Sérvia e Montenegro e Bósnia-Herzegovina ganharam os seus jogos, selecções estas que se vão encontrar no próximo e último jogo de apuramento do grupo 7.

Portugal venceu com dificuldade o Liechenstein por 2-1 e garantiu definitivamente o apuramento para o Mundial, pela primeira vez o 2º consecutivo na sua história. Apesar dos 3 pontos, que era o mais importante, Portugal fez uma exibição muito fraca, especialmente na 1ª parte. Notou-se claramente que a baliza das quinas não está segura (como já disse aqui mais que uma vez). O Sr Scolari, firme nas suas convicções, continua a insistir em guarda-redes suplentes e até já disse que tanto Ricardo como Quim têm presença garantida no lote de convocados para a Alemanha 2006 (no comment). Pauleta muito sozinho na frente de ataque e acima de tudo, quando se sabia desde início que não era jogo para o açoriano, devido à defesa povoada que o Liechenstein apresenta. Há muita inércia neste treinador, que põe em campo sempre a mesma equipa, sempre com o mesmo estilo de jogo, seja qual for o adversário. A ver se o jogo de Portugal melhora, porque no Mundial não há espaço para erros...Nota ainda para o erro gravíssimo do árbitro, ao perdoar um penalty e uma expulsão ao central do Liechenstein, depois de este ter defendido com a mão um golo certo de Figo.


No total já estão 21 selecções apuradas:

Alemanha, Togo, Angola, Costa do Marfim, Tunísia, Gana, México, Estados Unidos, Ucrânia, Portugal, Itália, Inglaterra, Polónia, Croácia, Holanda, Brasil, Argentina, Coreia do Sul, Irão, Japão e Arábia Saudita.